Tradução, Tradução Profissional

Qualidade é fundamental no momento de contratar um tradutor

Qualitative Translation

Qualitative Translation

No mercado da tradução, qualidade significa que o texto será recebido pelo leitor como se tivesse sido escrito no idioma dado. Ou seja, o texto bem traduzido não levanta questionamentos sobre a própria estrutura, permitindo que a atenção do público fique praticamente restrita ao conteúdo em si, que é o que importa tanto para o produtor de conteúdo quanto para o consumidor.

A busca pela qualidade também faz parte do cotidiano. Os erros estão presentes em livros, produtos, propagandas e até em documentos. Na tentativa de evitá-los, as empresas contratam profissionais como redatores, publicitários e jornalistas para criar e revisar conteúdo. Assim como elas pesquisam e avaliam cuidadosamente esses trabalhadores, também devem avaliar o portfólio do tradutor.

Um escritório de advocacia que lida com contratos empresariais de altos valores não escolherá um serviço de transcrição considerando apenas o valor da proposta. Uma editora não contratará escritores desconhecidos, a não ser que eles apresentem algo extremamente original ou de grande apelo comercial. A preparação de pedidos de patentes de um laboratório não será realizada pelo freelancer que apresentar o menor orçamento. No entanto, quando muitas dessas empresas precisam publicar material internacional, acabam contratando o tradutor que cobra menos para realizar o trabalho em um prazo menor. Essa é quase sempre uma experiência ruim para o contratante, pois normalmente ele é obrigado a procurar um novo profissional para consertar o trabalho mal feito.

O que precisa ser analisado

Se o seu texto for de natureza acadêmica, o ideal é que você busque profissionais com formação na área. Com essa base científica, o tradutor poderá auxiliá-lo na manutenção de sentido de ideias e termos específicos, além de já conhecer o funcionamento dos tipos de publicação.

Quando se trata de um documento empresarial ou jurídico, o tradutor também precisa ter algum tipo de especialização nesses setores, devendo compreender e conhecer os detalhes da legislação a qual o material se refere. Isso é ainda mais importante quando o par de idiomas utilizado trata de culturas com legislações muito diferentes entre si.

Um outro aspecto a considerar é o fator cultural. O tradutor precisa não só ter domínio sobre o par de idiomas utilizado, mas também sobre a cultura presente na linguagem e no país onde o texto será divulgado. A Internet está repleta de histórias de empresas que chamaram atenção pela tradução ruim de suas marcas, slogans e produtos. É muito importante identificar as gafes culturais antes que o material seja publicado.

Pós-edição da Tradução

Uma outra etapa interessante e que pode ser adicionada ao serviço de tradução é a pós-edição da tradução. A própria empresa poderá se encarregar desse serviço, que revisa o texto em busca de erros ortográficos, imprecisões e inconsistências culturais que podem persistir em versões finais.

Uma tradução de qualidade não é algo impossível de se alcançar, mas você não obterá um serviço desse tipo se não buscar uma empresa com experiência e boa reputação. Aproveite para verificar o portfólio e invista em tradutores que atendam aos padrões mínimos listados anteriomente. Mais uma vez, você não precisa procurar muito para encontrar exemplos de empresas que não tiveram esse cuidado e pagaram caro por isso. A tradução não é algo secundário, na verdade, ela é uma das partes mais importantes de todo o projeto, já que não adianta investir em bons serviços e produtos ou em desenvolvimento de conteúdo de qualidade, se no momento de divulgar a sua marca, a tradução poderá colocar tudo a perder e torná-la o próximo exemplo do que não deve ser feito.

Este artigo foi escrito por Robert Stitt, a content writer da Ulatus.

Receive FREE resources, information and
insights from the translation industry!


Share your thoughts

Aviso importante: As opiniões aqui expressas pelos blogueiros e aqueles que prestam comentários são exclusivamente deles e não refletem as opiniões da Crimson Interactive ou qualquer funcionário da empresa. A Crimson Interactive não é responsável pela precisão de quaisquer informações fornecidas pelos blogueiros. Embora todo o cuidado seja tomado para fornecer aos leitores as informações mais precisas e análises honestas, utilize o seu poder de apreciação antes de tomar quaisquer decisões com base nas informações contidas neste blog. O autor não irá compensá-lo de qualquer forma, se você sofrer uma perda / inconveniência / danos devido / ao fazer a utilização de informações contidas neste blog.

Copyright © 2020 Ulatus Brasil Blog | Todos os direitos reservados.