Cultura da tradução, Profissional da Tradução

Variedade de idiomas, Tradutor automático e profissional

Variedade de Idiomas

De acordo com o catálogo Ethnologue, há 7102 línguas em uso no mundo. Dessas, mandarim, inglês, hindi, espanhol, russo, bengali, português, indonésio, alemão e francês são as dez mais utilizadas segundo o Instituto SIL International. Essa variedade se manifesta também na internet. Uma pesquisa da União Internacional de Telecomunicações identificou que, de 2000 a 2011, a web cresceu quase 500%, sendo acessada, até aquele momento, por mais de 2 bilhões de pessoas.

Aproximadamente 26% delas corresponde a falantes de inglês. Em contrapartida, outros idiomas vêm ganhado cada vez mais espaço. O árabe, por exemplo, teve crescimento de mais de 2 mil porcento durante esse mesmo período. Em seguida, apareceram o russo, o chinês e o português.

Por que é interessante considerar esses dados? Porque alguns estudos têm demonstrado que o público é mais propenso a consumir produtos e informações apresentados em idiomas nativos.

Há mais de 7 bilhões de pessoas no mundo, mas conforme David Crystal estimou em 2013, aproximadamente 400 milhões tem o inglês como primeiro idioma. Isso significa que há um enorme mercado a ser alcançado e as empresas precisam preparar seus produtos em outros idiomas para atingir a esse público.

Tradução automática e Tradução profissional

Os computadores têm evoluído rapidamente ao longo dos últimos anos. Com os melhores desempenhos e a expansão do potencial de armazenamento, as ferramentas de tradução têm sido fortemente beneficiadas. Os bancos de dados, por exemplo, salvam todas as modificações realizadas, de maneira que esses arquivos sejam consultados nas próximas traduções. Esse sistema torna o processo mais rápido, mais econômico e eficiente.

Há dois sistemas principais que o tradutor utiliza para consultar as bases de dados: o sistema sustentado pelas regras e o sistema estatístico. O primeiro se concentra em regras gramaticais e em precisão da terminologia por exemplo. Já o sistema estatístico analisa os dados armazenados anteriormente na tentativa de produzir uma tradução mais fluente.

Devido a esses aperfeiçoamentos, hoje já é possível alcançar uma audiência global em sua língua local utilizando apenas um tradutor automático, ainda mais se tudo o que você precisa transmitir é a essência de um texto simples.

Quando se trata de textos mais complexos, no entanto, a desvantagem de adotar a tradução automática é a necessidade de supervisão. Ainda não existem tradutores capazes de produzir documentos com a qualidade de um profissional humano. E é pela possibilidade de ocorrerem inconsistências culturais, imprecisões, problemas de incoerência e construções confusas, podendo levar a prejuízos financeiros, que a maior parte das empresas prefere contratar serviços profissionais de tradução.

Receive FREE resources, information and
insights from the translation industry!


Share your thoughts

Aviso importante: As opiniões aqui expressas pelos blogueiros e aqueles que prestam comentários são exclusivamente deles e não refletem as opiniões da Crimson Interactive ou qualquer funcionário da empresa. A Crimson Interactive não é responsável pela precisão de quaisquer informações fornecidas pelos blogueiros. Embora todo o cuidado seja tomado para fornecer aos leitores as informações mais precisas e análises honestas, utilize o seu poder de apreciação antes de tomar quaisquer decisões com base nas informações contidas neste blog. O autor não irá compensá-lo de qualquer forma, se você sofrer uma perda / inconveniência / danos devido / ao fazer a utilização de informações contidas neste blog.

Copyright © 2020 Ulatus Brasil Blog | Todos os direitos reservados.